Teoria Queer e Identidade

Sendo alvo de pesquisas e questionamentos de cientistas, religiosos, psiquiatras, antropólogos, educadores, as minorias sexuais transformaram-se em uma questão social. Consequentemente ampliaram-se as discussões quanto ás posições de gênero e sexualidade, tornando-se impossível lidar com elas apoiadas em sistemas binários.

Em termos globais, multiplicaram-se os movimentos e os seus propósitos: alguns grupos homossexuais permanecem lutando por reconhecimento e por legitimação, buscando sua inclusão, em termos igualitários, ao conjunto da sociedade; outros estão preocupados em desafiar as fronteiras tradicionais de gênero e sexuais, pondo em xeque as dicotomias masculino/feminino, homem/mulher, heterossexual/homossexual.

Partindo de um ideal subversivo ás regras e aos padrões comuns, a teoria queer propõe uma desconstrução desses dualismos e de estratégias normalizadoras, que ditam e restringem as formas de viver e de ser.

Os teóricos queer vêem a oposição, seja ela em prol ou contra o homossexualismo, como uma forma de enquadramento, reiterando uma visão canônica. Dessa forma, não se pode classificar a pedagogia queer, como uma pedagogia do oprimido, como libertadora ou libertária.

A pedagogia queer, sugere o questionamento, a desnaturalização e a incerteza como estratégias férteis e criativas para pensar qualquer dimensão da existência, e não somente àqueles ou àquelas que se reconhecem na posição-de-sujeito, isto é, como sujeitos queer.

 

FONTE: LOURO, Guacira Lopes. Teoria queer – uma política pós-identitária


Anúncios
Esse post foi publicado em Resumos_Sandrinalva. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s